< Voltar destino dos resíduos urbanos

Qual o destino dos resíduos urbanos?

Para onde vai o lixo, no Brasil e na Alemanha.

Menos de 10% dos municípios brasileiros possuem coleta seletiva, e apenas 13% dos resíduos urbanos são reciclados. Infelizmente ainda temos uma baixa taxa de reciclagem e péssima destinação dos resíduos.

Produzimos cerca de 150 mil toneladas de lixo por dia, e 17% deste total acaba nos lixões, onde poluem o meio ambiente e transmitem doenças. Pouco menos de 50% vão para os aterros sanitários.

E para onde vão os resíduos urbanos no Brasil?

Lixões

É o pior cenário. O lixo é simplesmente descartado sem nenhum controle, a céu aberto. Além de poluir os rios e o solo, catadores (inclusive crianças) arriscam-se no garimpo de resíduos para reciclagem, e muitas vezes contraem doenças ou se machucam com objetos cortantes.

Aterros Controlados

Neles o lixo também é descartado sem impermeabilização do solo, mas existe um mínimo controle. São cercados para impedir a entrada de pessoas, e monitora-se o lençol freático para evitar a poluição.

Aterros Sanitários

Locais com solo impermeabilizado e com canaletas para coleta do chorume, que é enviado para estações de tratamento. O local é protegido das chuvas e os resíduos são compactados e enterrados todos os dias. Monitora-se o lençol freático e as emissões atmosféricas.

Aterros Industriais

Possuem praticamente a mesma estrutura dos aterros sanitários, mas recebem os resíduos das indústrias.

Biorreatores

São aterros que aceleram o processo de decomposição dos resíduos, controlando o pH do solo, a taxa de umidade da pilha de resíduos, e o aumento da atividade bacteriana.

E como é lá fora?

A Alemanha, líder mundial em tecnologias de tratamento de resíduos, produz cerca de 127 mil toneladas de lixo por dia – pouco menos que o Brasil. Mas a grande diferença está no destino destes resíduos: 63% são reciclados, e 8 em cada 10 quilos do lixo não reciclado são incinerados, gerando energia. Menos de 1% dos resíduos acabam em aterros sanitários, e a meta do governo é zerar esta taxa até 2020.

 

fontes:

http://www.senado.gov.br/noticias/Jornal/emdiscussao/revista-em-discussao-edicao-junho-2010/noticias/destino-dos-residuos-solidos-quase-sempre-e-inadequado.aspx

http://www.infoescola.com/ecologia/destinacao-de-residuos/

http://www.abetre.org.br/a-abetre/opiniao/a-importancia-da-infraestrutura-de-destinacao-de-residuos-solidos

http://www12.senado.leg.br/emdiscussao/edicoes/residuos-solidos/mundo-rumo-a-4-bilhoes-de-toneladas-por-ano/como-alguns-paises-tratam-seus-residuos

< Voltar